Este é o cão mais caro do mundo, conheça mais sobre o Mastiff Tibetano

Sabemos bem que as pessoas mudam de preferências e vontades com muita facilidade e no que diz respeito aos animais também não é diferente, infelizmente. Nesta fase, talvez sejam os cães mais pequenos os mais apetecíveis, os mais “na moda”, de preferência aqueles que menos se assemelham a um animal de verdade e mais a um brinquedo, de tão pequenos que são. Talvez por influência das celebridades mundiais, quiçá.

Mesmo entre os animais de estimação mais pequenos podemos encontrar alguns cujo preço de compra morde mais do que as presas do seu querido animal de companhia. Infelizmente, algumas pessoas estão dispostas a pagar exorbitâncias para poderem ter na sua posse animais de determinadas raças, o que faz com que a sua criação se torne num verdadeiro negócio de milhões. Como tal, o cão mais caro do mundo não anda por aí nas ruas das cidades e, é até raro ver-se a passear mesmo que preso pela trela.

O cão de nome Hong Dong é de longe o cão mais caro do mundo. O multimilionário chinês, um magnata do carvão, comprou-o por, imagine-se, 10 milhões de Yuans ou 1,5 milhões de dólares. O preço recorde foi definido num leilão. Um animal realmente desejado pelo seu futuro dono e que foi para a sua nova casa acompanhado por guardas privados.

O Hong Dong – com apenas de 11 meses de idade, da raça Mastiff Tibetano, já está a deixar o seu dono mais rico ainda. Afinal, o desejo dos criadores de cães de cruzarem as suas fêmeas com o Hong Dong é indescritível. E para isso têm que pagar pelo menos 15 mil dólares.

A propósito, os Mastiff Tibetanos, na China, são tratados de forma especial. Esta é uma das mais antigas raças de trabalho existentes no mundo. Foram eles que guardaram os mosteiros do Tibete e também ajudaram os nómadas nos Himalaias. Segundo a lenda, Genghis Khan e até mesmo Buda também tinham Mastiff Tibetanos.

Porém, o agora dono do Hong Dong tem que ser muito cuidadoso. Afinal, o animal é alvo de uma enorme cobiça. É por isso que o nome do dono do famoso Mastiff Tibetano não fora divulgado.

O filhote “dourado” tem aproximadamente um metro de altura e pesa mais de 80 quilos. O reconhecido criador chinês, Lu Liang, já avisou o dono do Hong Dong que o menu destes animais é especial. O filhote só come carnes vermelhas e de frango seleccionadas e, entre as refeições, recebe iguarias chinesas exóticas como abalone e pepino do mar.

Uma loucura, não? Qual a sua opinião?