Crianças deixaram esse cão para morrer, você não vai acreditar no que lhe fizeram!

Pascal, um filhote que andava perdido e foi encontrado na Turquia, estava no local errado à hora errada, quando duas crianças começaram a torturar o cão desamparado, é impressionante como até as crianças já fazem coisas terríveis como esta.

Ele tinha apenas quatro meses quando uma equipe de resgate o encontrou em um prédio industrial e o trouxe para a organização He’Art of Rescue em Istambul, na Turquia. As crianças fizeram um monte de coisas terríveis ao cão pobre, e até o cobriram com cola industrial.

A cola agia como um cimento, e Pascal estava tão rígido que quase só movia a língua. A equipe da instalação raspou a cola, juntamente com galhos e lama que ficaram presos na pele do pobre animal. A sua pele estava em sangue vivo, pulsando com feridas vermelhas. Ele sofreu danos significativos por conta dos produtos químicos, por isso, o filhote teve que passar por uma série de banhos médicos para se recuperar.

Pascal era cauteloso com os seres humanos e não confiava em ninguém, com excepção do seu veterinário que esteve com ele desde o primeiro dia. Mas com o cuidado amoroso de toda a equipe de resgate, ele começou a socializar mais e mais. Depois de meses de reabilitação, quando as suas feridas cicatrizaram e a pele recuperou, Pascal foi adotado e logo encontrou uma casa acolhedora para sempre, em Espanha.
Agora, Pascal vive com a sua família e com outro cão, os dois são os melhores amigos. Eles não só brincam juntos, mas também correm livremente na praia, Pascal finalmente começou a abanar a cauda novamente.

 

Pascal foi encontrado em um edifício industrial em Istambul, Turquia

 

Uma equipe de resgate encontrou-o e trouxe o Pascal para a organização He’Art of Rescue em Istambul

 

A cola tinha transformado a pele do pobre animal em autêntico cimento

 

Estava tão rígido que praticamente só conseguia mover a língua

 

A equipe de resgate teve que raspar completamente o cachorro para remover a cola industrial

 

O procedimento revelou que a pele de Pascal tinha sofrido danos severos ​​dos produtos químicos

 

A pele estava toda em ferida…

 

Assim, o filhote teve de passar meses e meses de reabilitação

 

Que, eventualmente, valeu a pena porque Pascal recentemente encontrou em Espanha uma casa acolhedora e uma família que o adora.

 

A sua pele recuperou e o pêlo voltou a crescer.

Use o menu abaixo para continuar a ler a história do Pascal:

Página 1/2
>
COMPARTILHAR